Justiça cearense é premiada por projeto de ressocialização de apenados

Fonte / Autor: CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA
Publicado em 29/10/2015

Iniciativa que permite a apenados trabalhar em obras rendeu premiação ao Judiciário cearense. A presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargadora Iracema Vale, foi comunicada do reconhecimento público na terça-feira (27/10). Representantes do Sindicato das Construtoras do Ceará (Sinduscon) adiantaram a vitória no prêmio de responsabilidade social pelo Projeto Reconstruir.
 
O projeto busca contribuir para a ressocialização de apenados. Parceria entre o TJCE, por meio da Vara de Execuções Penais de Fortaleza, a ação inclui 21 construtoras filiadas ao Sinduscon e permite a contração dos condenados — em regime semiaberto, aberto e egressos do sistema penal. O prêmio será entregue em 27 de novembro. Empresas filiadas ao Sinduscon definiram o vencedor por votação.
 
O trabalho começou em julho de 2014, por convênio entre as duas entidades. Beneficiados são acompanhados por assistente social, no local de trabalho e em visitas, mensais ou conforme a necessidade. A equipe mantém contato frequente com a equipe de recursos humanos das empresas e com a chefia imediata do egresso. Em setembro, o projeto recebeu o Prêmio CBIC de Responsabilidade Social.